A noticia de que as operadoras de telefonia móvel aqui no Brasil estão pensando em uma outra maneira de cobrar pelos serviços prestados se espalhou rápido e já esta virando realidade em algumas regiões do Brasil, e claro, isso não agradou muito aos usuários, ja que isso envolve o aumento dos preços da internet móvel. O caso é o seguinte, as principais operadoras do país querem cortar a chamada “velocidade reduzida”, ou seja, a internet do seu dispositivo móvel será desativada quando o limite do plano for atingido.

Como estão os usuários?

Os usuários não estão gostando nada nada desta notícia, todos sabemos que a internet móvel no Brasil não é das melhores, a qualidade, a velocidade e o preço dos pacotes/planos que as operadoras oferecem aos consumidores não é nada satisfatório, e um dos principais problemas é que quando esta nova forma de cobrança chegar as pessoas terão que gastar mais para continuar a usar a internet nos seus aparelhos, ou seja, aumento dos preços da internet móvel. Segundo as operadoras o objetivo de adotar este novo formato é “oferecer um serviço de melhor qualidade e mais fiel ao que foi contratado“, bom agora temos que esperar para ver.

Vivo, Claro, Tim e Oi

Alguns clientes da Oi já estão recebendo a notícia sobre o novo plano da operadora via SMS, a mensagem diz que a partir do dia 08/12/14 a operadora começará a colocar em prática o corte do pacote de internet após o término da franquia. Até o momento, quando o usuário ultrapassa a franquia contratada, a operadora reduz a velocidade da conexão. Já Vivo começou a testar essa nova modalidade de cobrança na quinta-feira da semana passada, nos estados de Minas Gerais e Rio Grande do Sul. Ela disse ainda que há possibilidade de levar essa prática para outros estados. Além da Oi e Vivo, a TIM também já adiantou que em breve adotará esta nova modalidade de cobrança da internet móvel. A Claro, por enquanto, não se pronunciou a respeito. Confira a Coluna de Tecnologia do programa Paraná no Ar desta semana com nossa consultora Fernanda Musardo

About Author

You may also like

No Comment

You can post first response comment.

Leave A Comment

Please enter your name. Please enter an valid email address. Please enter a message.